domingo, 30 de outubro de 2011

A Marinha Portuguesa - História



Capitão-de-Mar-Guerra José António Rodrigues Pereira
 
A Batalha Naval do Cabo de S. Vicente, 1833 A Marinha Portuguesa nas Guerras Liberais
 
Lisboa, Tribuna da História, 2011 ISBN: 9789898219336
Sinopse:
Após a derrota do projecto eurocêntrico de Napoleão, o Congresso de Viena em 1814/1815 reorganizou as fronteiras da Europa e trouxe a paz entre as nações, mas as novas ideologias liberais trazidas com as revoluções Americana e Francesa levaram ao despoletar de revoluções sociais, que nas colónias ibéricas americanas se traduziram por revoltas de emancipação e em muitos países europeus resultaram em guerras civis. Em Portugal em 1832 uma guerra civil opôs os liberais de D. Pedro, empenhados em implantar um regímen político constitucionalista parlamentar, aos tradicionalistas de D. Miguel, decididos a manter a legitimidade do regime de monarquia absolutista vigente. Neste combate, em que a maioria de meios militares e de apoio popular de uns era compensado pela sucessão de erros tácticos próprios e pelo maior apoio estrangeiro dos outros, desenvolveu-se uma situação de estagnação política e de irresolução dos combates terrestres. Portugal, com a sua longa fronteira marítima, oferecia condições evidentes para utilizar meios navais de utilidade logística e com força de combate consequente neste teatro estratégico de operações. A boa utilização do poder naval irá viabilizar a vitória Liberal.
 
 

Almirante Sir Charles Napier, K.C.B., G.C.T.E.
 
Do Autor:
 
 
 
Marinha Portuguesa - nove séculos de história,
Lisboa, EMA, 2011
 
 
Grandes Batalhas Navais Portuguesas
 
Lisboa, Esfera dos Livros, 2009 ISBN: 9789896261658
 
 

 

 

 

Campanhas Navais (1793-1807)

Vol. I - A Armada e a Europa

A Marinha Portuguesa na Época de Napoleão

Tribuna da História, 2005 ISBN: 9789728799304
Sinopse

Aborda-se uma época da história de Portugal, em que se lembra a influência do Poder Marítimo na resolução dos conflitos. Nunca na nossa História teve a Armada tamanho protagonismo no teatro europeu, participando activamente nos conflitos gerados pela Revolução Francesa , e tendo chegado a ser á época a 5ª força naval da Europa. Este 1.º volume trata o período compreendido entre 1793 e 1807, do começo da cooperação da Armada Real com a Royal Navy britânica até à data em que ocorreu a primeira invasão Francesa de Portugal.

 

Campanhas Navais (1807-1823)

Vol. II - A Armada e o Brasil

A Marinha Portuguesa na Época de Napoleão

Tribuna da História, 2005 ISBN: 9789728799342

Sinopse

Neste segundo volume aborda-se o período de 1807 a 1823.Descreve-se a transferência da capital do Império, de Lisboa para o Rio de Janeiro, com a ida do grosso da marinha portuguesa para o Novo Mundo, e o envolvimento da Armada nas campanhas posteriores que ocorreram nas fronteiras do Brasil, como consequência directa das guerras napoleónicas, assim como nos acontecimentos que levaram à independência daquele reino e à retirada das forças militares portuguesas. Neste segundo período a Armada Real operou essencialmente a partir do Brasil.




    O Capitão-de-Mar-e-Guerra José António Rodrigues Pereira, actualmente Professor na Escola Naval e na Universidade Autónoma de Lisboa, tem-se revelado como o mais prolífico historiador da Marinha de Guerra, sendo autor de numeroso artigos, para além dos livros acima referenciados.
     

Nenhum comentário: