quinta-feira, 13 de março de 2014

Carlos Cirilo Machado (1865-1919), 2º visconde de Santo Tirso


Revisto 13.03.14
 
 

Diplomata e escritor seguiu a carreira diplomática tendo estado colocado nas Embaixadas de Portugal em Roma, Quirinal, Madrid e Londres, de 1891-94. Eleito Deputado por Santo Tirso (1894). Encarregado de Negócios em Londres em 1895 no impedimento do Embaixador Marquês de Soveral, nomeado Ministro dos Negócios Estrangeiros na presidência de Hintze Ribeiro. Em 1896 é nomeado Ministro em Washington (1896-1901) e posteriormente Ministro em Bruxelas cargo que exerceu até à implantação da República. De 1911-12 foi ainda Ministro na Rússia até que passou à disponibilidade em 13 de Abril de 1912. Foi Presidente da Comissão Luso-Espanhola de Delimitação da Fronteira.
Assentou praça em 18-8-1900 data em que foi nomeado Alferes de Cavalaria da Reserva (fonte Lista de Antiguidades de Oficiais do Exército de 1909).

Nesta fotografia parece envergar a farda de Oficial de Cavalaria na Reserva o que é estranho dado exercer à data as funções de Ministro Plenipotenciário em Bruxelas.
Condecorações:
Banda e placa de Grã-Cruz da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa
Placa de Comendador da Ordem de Isabel, a Católica, de Espanha
Placa de Comendador da Ordem de Leopoldo I, da Bélgica
Fita de Comendador da Ordem do Leão, da Bélgica (ao pescoço)
A placa de baixo ainda não identificada.


Foi também Oficial da Ordem da Coroa, de Itália e Cavaleiro da Ordem de Pio IX, da Santa Sé.

Foto de Herdeiros de D. Maria Gabriel Cirilo Machado de Araújo França Pereira (1929-2006), neta do visconde de Santo Tirso.